>>>Treino de Alimentação
ARTIGOS
Olhamos
por si

Treino de Alimentação

Já ouviu falar em Neofobia Alimentar?

Pilates Clínico para grávidas

Mitos na Terapia da Fala

treino_de_alimentação-artigo

 

Terapia Ocupacional: Treino de Alimentação

 

O treino de alimentação faz parte do Treino de Atividades de Vida Diária e é uma das áreas de intervenção do Terapeuta ocupacional (TO).

 

Este trabalha as competências motoras e da praxis do utente, de forma a melhorar o controlo do movimento voluntário, tentando também diminuir as barreiras existentes no ambiente, adaptando-o.

 

O TO faz uma análise do movimento do utente, dos seus pontos fracos e fortes e orienta-o para o tornar mais funcional e autónomo. São trabalhados todos os meios preparatórios para a realização da atividade, desde o posicionamento, a mobilização ou adequação do tónus muscular, até ao treino do movimento e atividades funcionais (segundo os objetivos do utente). Pode ainda ser realizada a adaptação do contexto através da prescrição de tecnologias de apoio, quer como os exemplos que seguem.

TO_Treino_alimentacao_1

Esta colher pode ser utilizada em utentes com dificuldades em realizar o desvio radial do punho, facilitando assim a entrada da comida na boca. O cabo engrossado facilita a pega. Algumas destas colheres podem ter o peso aumentado para consciencializar e facilitar o controlo nos utentes com défice da integração sensorial.

TO_Treino_alimentacao_2

Esta colher possui também um sistema que impede que o seu conteúdo se entorne, mantendo-se na posição original, independentemente do movimento do utente (para utentes com dificuldades de coordenação ou tremor acentuado).

 

TO_Treino_alimentacao_3

 

Este talher (faca Nelson) possui faca e garfo e serve para quem, por exemplo, perdeu a mobilidade num dos membros.

 

TO_Treino_alimentacao_4

Prato com rebordo ou rebordo para pratos: serve para que o utente não faça transbordar a comida quando só utiliza um membro no enchimento do garfo ou colher.

 

TO_Treino_alimentacao_6

Faca de Balanceio: utilizada quando existe uma redução dos movimentos de um dos membros superiores do utente. Esta faca só exige ao utente a realização de pronação e supinação para cortar os alimentos.

 

Estes são alguns exemplos de produtos de apoio que podem potenciar a autonomia funcional na alimentação. Salienta-se, porém, que os mesmos só deverão ser adquiridos após avaliação especializada. Procure o seu Médico ou Terapeuta Ocupacional.

 

Autor: Terapeuta ocupacional Ana Moreira

JUNTE-SE A NÓS

NEWSLETTER

Contamos com os profissionais especializados para o ajudar.