VALÊNCIAS

Conheça as causas do mau hálito

Desde sempre que o mau hálito é um problema para muitas pessoas. Saiba como evitar.

Valências

A prótese fixa é a área da medicina dentária que proporciona a restauração dos dentes através de elementos fixos (incrustações, facetas, coroas e pontes). É um tratamento que consiste no recobrimento de todas as faces dentárias com uma peça cerâmica única que encaixa sobre o dente. Pode servir para restabelecer um ou mais dentes ou mesmo a arcada completa.
Nos casos em que se deseja apenas realizar uma melhoria estética, utilizam-se facetas cerâmicas ou lentes de contacto, que são um tratamento conservador que consiste em fazer aderir à superfície dos dentes finas capas de cerâmica. Este tratamento envolve apenas a parte da frente do dente e permite alterar a sua forma, tamanho e cor. A Prótese Removível permite colocar na boca, retirar e voltar a colocar. Apoia-se diretamente na gengiva e em alguns casos nos dentes existentes.
Existem duas categorias de próteses removíveis: as acrílicas e as esqueléticas e estas podem ser parciais ou totais. As próteses parciais destinam-se a pessoas que ainda mantêm alguns dentes e as próteses totais destinam-se a pessoas que não têm nenhum dente. As condições da cavidade oral de cada paciente são um factor determinante na escolha entre uma prótese acrílica e uma prótese esquelética
Em alguns casos as próteses podem ser suportadas por implantes dentários.
A Implantologia é a opção terapêutica que permite uma reabilitação oral que mais se aproxima da dentição natural em termos fisiológicos, estéticos e de conforto.
Considerando que um dente é composto por Coroa (parte visivel do dente) e raíz (parte invisível do dente), os implantes funcionam como raízes artificiais, feitas de titânio, que, ao serem colocadas no osso de um dos maxilares, dão suporte às coroas de cerâmica. No final, torna-se praticamente impossível distinguir o dente colocado sobre o implante de um dente normal.
A implantologia pode ser utilizada para a substituição de um dente, a substituição de vários dentes, ou a substituição de todos os dentes. A colocação de implantes em carga imediata é uma prática frequente, sendo validada por inúmeros estudos clínicos que atestam a sua segurança e previsibilidade de resultados. Esta técnica consiste na colocação de coroas em acrílico fixas aos implantes. Assim, no mesmo dia da cirurgia, são colocados dentes fixos, devolvendo de imediato ao paciente o conforto, a estética e a função. Trata-se de um método passível de ser utilizado, se existir indicação clínica, tanto em casos de desdentados totais ou parciais, como na ausência de apenas um dente.
A Cirurgia Oral é uma das especialidades mais abrangentes da Medicina Dentária, responsável pelo diagnóstico e tratamento cirúrgico de patologias na cavidade oral. Os procedimentos mais comuns são as exodontias (extrações de dentes), remoção de quistos e tumores e apicectomias de dentes desvitalizados (secção da ponta da raíz).
A Disfunção Temporomandibular é definida como um conjunto de distúrbios que envolvem os músculos mastigatórios, a articulação temporomandibular (ATM) e estruturas associadas, que se traduzem em dor na articulação, dor de ouvidos, dor de cabeça e em limitação dos movimentos mandibulares e, em casos extremos, no bloqueio da mandíbula.
O branqueamento dentário é um tratamento cada vez mais procurado por parte dos pacientes junto dos profissionais de saúde oral. É um “passo” fundamental na reprodução da estética do sorriso.
O branqueamento a laser é um dos recursos mais avançados da medicina dentária estética, um meio seguro, rápido (duração aproximada de 1h30m) e eficaz para branquear os seus dentes. Pode ser complementado com o branqueamento em ambulatório onde, através da utilização de uma moldeira/goteira feita à medida da boca do paciente, este aplica comodamente em sua casa um gel branqueador, de acordo com as instruções dadas pelo médico para o seu caso específico. Ambas as técnicas podem ser complementares, dependendo de cada caso e, quando utilizadas em conjunto, o efeito mantém-se por mais tempo.
Especialidade dirigida à prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças que afetam o periodonto, ou seja, ao conjunto de tecidos que incluem além da gengiva, o osso e o ligamento periodontal, responsável por manter a firmeza dos dentes nos maxilares.
A Higiene Oral é a área de Medicina dentária que se dedica à prevenção das doenças orais e à manutenção dos tratamentos efetuados pelas outras especialidades, atuando numa vertente mais educativa e preventiva afim de adequar hábitos de higiene oral específicos para cada doente.
As consultas de higiene oral periódicas são determinantes para o sucesso de todos os tratamentos efetuados e a manutenção de um sorriso bonito e saudável.
A saúde periodontal é a base de uma boa saúde geral.
A endodontia, mais conhecida por desvitalização é o ramo da Odontologia que trata as lesões e doenças da polpa (nervo) e da raiz do dente. Popularmente é conhecida como o tratamento da parte interna (canal) do dente que se encontra inflamada, infetado ou necrosada (morto). Este procedimento pode, em determinadas circunstâncias, ser realizado numa única consulta, embora seja comum a necessidade de o efectuar em mais do que uma sessão.
Este é também o tratamento de eleição em dentes com sensibilidade prolongada ao frio, ao quente, ao toque e aos dentes escurecidos.
A Odontopediatria é a especialidade da Medicina Dentária exclusivamente dedicada à manutenção da saúde oral das crianças, e adolescentes. O acompanhamento especializado desde os primeiros anos é a chave para uma dentição saudável, com uma estética e função adequadas. Esta consulta é realizada por um Odontopediatra, que garante a prática de tratamentos tecnicamente diferenciados num ambiente e relação de afeto e confiança. No final da consulta, as crianças são sempre presenteados com uma lembrança, funcionando como um reforço positivo da visita ao dentista.
A Ortodontia é uma especialidade da medicina dentária que tem como objectivo diagnosticar, prevenir e tratar as irregularidades dento-faciais (“dentes tortos”), que tecnicamente são denominadas Maloclusões.
Um sorriso bonito e confiante é um fator impulsionador da auto-estima em qualquer idade. O objetivo de um tratamento ortodontico é obter um sorriso harmonioso e uma oclusão dentária funcional e equilibrada.
O tratamento em crianças e adolescentes ainda em fase de crescimento permitirá melhorar os resultados finais que serão obtidos. No caso de doentes adultos, apesar dos condicionantes ósseos e dentários que possam existir, o tratamento com aparelho fixo devolver-lhe-á um sorriso cuidado e bonito.
A duração dos tratamentos ortodonticos depende de vários fatores podendo demorar meses ou anos, mas em média duram entre 1 a 2 anos.
A injeção com Ácido Hialurónico foi aprovada pelo INFARMED para o tratamento de áreas de rugas e depressões faciais dos tecidos moles, sendo um coadjuvante no tratamento estético facial, podendo estar assim relacionado na medicina dentária após tratamento ortodontico e de reabilitação oral.
Dado que é um tratamento temporário é necessária a continuidade dos tratamentos para manter o efeito ao longo do tempo. Uma vez injetado, será lentamente absorvido pelo corpo e a duração do efeito das aplicações varia entre 4 a 6 meses.
O preenchimento de rugas com ácido hialurónico pode ser realizado por profissionais de saúde com formação específica nesta área.
O tratamento específico dependerá da existência ou não de outras patologias.
A Dentisteria ou Medicina Dentária Estética é o ramo da medicina dentária que atua na área da estética e restauração dentária perdida causada por cárie. A cárie dentária é uma doença oral que dependente de vários fatores: uma alimentação rica em açúcares, presença de placa bacteriana, alterações da saliva e características dos próprios dentes.
JUNTE-SE A NÓS

NEWSLETTER

Contamos com os profissionais especializados para o ajudar.